Celulose no BrasilNotícias

Arauco, SENAI/MS e Prefeitura de Inocência realizam aula inaugural para capacitação de mão de obra

A parceria é focada no preparo de mão de obra para a fase de terraplanagem da área onde será construída a fábrica de celulose da Arauco no Mato Grosso do Sul

Referência global em celulose, produtos de madeira, reservas florestais e bioenergia, a Arauco, em parceria com o SENAI/MS e a Prefeitura Municipal de Inocência, realizou na semana passada a aula inaugural dos cursos de capacitação da mão de obra local para atender às demandas da fase de terraplanagem da área onde será construída a primeira fábrica de celulose da empresa no país.

“Nosso objetivo é que a comunidade local seja parte efetiva do Projeto, e é fundamental que a população tenha condições de se preparar para essas oportunidades. Pensando nisso, estamos em diálogo constante com o Sistema S, a prefeitura de Inocência e o governo de Mato Grosso do Sul, para buscar soluções de qualificação profissional no atendimento das demandas de grandes empresas envolvidas na construção ou das que surgirem a partir do desenvolvimento da região”, disse Márcio Roberto Couto, coordenador de Relações Institucionais & ESG da Arauco.

Os cursos são gratuitos e focam na capacitação de sinaleiro de vias, motorista de caminhão basculante, operador de trator, operador de retroescavadeira e operador de motoniveladora – atividades com ampla atuação no setor de construção civil. Além destes, diversos outros cursos serão oferecidos ao longo do desenvolvimento da fábrica. Uma vez formados, os profissionais estarão habilitados para atuar em distintas etapas da construção, atendendo demandas diretas e indiretas do Projeto. As aulas serão ministradas pelo SENAI, referência nacional em educação profissional, em Inocência, no espaço construído para abrigar as turmas participantes.

De acordo com Rodolpho Mangialardo, diretor regional SENAI/MS, a cidade ainda deve receber outras capacitações como cursos de solda e tornearia, com a equipe de educadores da entidade, panificação e alimentação, com o SENAC, e futuramente cursos técnicos de celulose, eletrotécnica em automação, entre outros do portifólio que o Sistema S oferece. “É uma revolução muito positiva que acontece aqui e o SENAI/MS vem para atender a capacitação em todas as fases. Trata-se de uma oportunidade não só de trazer o desenvolvimento para o município, mas principalmente preparar a população”, apontou o diretor.

Presente na aula inaugural, o prefeito municipal de Inocência, Antônio Ângelo Garcia dos Santos, ressaltou que a parceria é a resposta que a comunidade buscava para que os jovens não precisem sair da cidade para trabalhar.

“Estamos vivendo uma nova realidade. As oportunidades começam a surgir e agora nossos trabalhadores têm a chance de fazer parte dessa mudança. Esse era um sonho da nossa população. Antes as famílias tinham que mandar seus filhos para outras cidades, agora é possível que fiquem aqui, cresçam e se profissionalizem”, afirmou o prefeito.

As inscrições para os cursos que começam no dia 29/07 e vão até 12/08 ainda estão abertas e seguem até o início das aulas. Confira abaixo a relação completa de cursos e detalhes:

CURSOS EM ANDAMENTO

Sinaleiro de Vias

Início das aulas: 01/07/2024

Período: das 13h às 17h

Motorista de Caminhão Basculante

Início das aulas: 01/07/2024

Período: das 18h45 às 21h55

PRÓXIMOS CURSOS

Operador de Motoniveladora

Início das aulas: 29/07/2024

Período: das 18h45 às 21h55

Operador de Retroescavadeira

Início das aulas: 29/07/2024

Período: das 18h45 às 21h55

Operador de Trator

Início das aulas: 12/08/2024

Período: das 13h às 17h

PROJETO SUCURIÚ

A primeira fábrica de celulose da Arauco no Brasil, o Projeto Sucuriú, iniciou a fase de terraplanagem da área onde está prevista a construção da fábrica. Localizado a 50km do centro urbano de Inocência, no Mato Grosso do Sul, o projeto prevê um investimento industrial de aproximadamente R$ 15 bilhões, e terá capacidade de produzir 2,5 milhões de toneladas de celulose branqueada ao ano. A operação da fábrica está prevista para 2028.

Durante a fase de obras, serão gerados mais de 12 mil empregos, beneficiando cerca de 20 mil famílias na região. Quando entrar em operação, o projeto Sucuriú empregará um contingente permanente de 2.350 trabalhadores, que serão devidamente capacitados pela Arauco para atuação no setor. Importante ressaltar que os 12 mil colaboradores previstos para a construção da fábrica não atuarão na região ao mesmo tempo, já que as equipes especializadas trabalham em distintas etapas.

“Com o Projeto Sucuriú queremos construir um legado positivo para Inocência e região. Somos um vetor de transformação e estamos animados com o crescimento sustentável da cidade”, finalizou Couto.

Fonte
Arauco
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo