FlorestaNotícias

UPM inaugura viveiro florestal de última geração no Uruguai

O viveiro tem capacidade de produção anual de 10 milhões de mudas de eucalipto

A UPM inaugurou seu terceiro viveiro florestal, localizado a 10 km de Sarandí del Yí, em Durazno, no Uruguai. Este viveiro, com tecnologia de última geração, tem capacidade de produção anual de 10 milhões de mudas de eucalipto, gerando 120 empregos permanentes para moradores daquele município e comunidades próximas.

A inauguração contou com a presença do Presidente da República, Luis Lacalle Pou; o Secretário da Presidência, Álvaro Delgado; o Ministro do Trabalho e Previdência Social, Pablo Mieres; e de Transportes e Obras Públicas, José Luis Falero; além de autoridades locais, referências da comunidade e executivos da empresa.

Este viveiro é parte integrante do plano de crescimento da UPM no país, com um investimento total de mais de US$ 3 bilhões, que é o maior investimento nos 150 anos de história da empresa, e contribuirá para o cumprimento dos planos anuais de plantio necessários ao abastecimento da nova fábrica de celulose.

O secretário da Presidência, Álvaro Delgado, destacou o valor “deste investimento de US$ 25 milhões com 120 pessoas contratadas de forma permanente. Esse tipo de investimento de qualidade gera empregos de longo prazo, desenvolvimento, conectividade, infraestrutura, logística para que as pessoas tenham igualdade de oportunidades no interior”.

“A UPM teve muito a ver com os investimentos feitos no país, e em alguns meses terá muito mais a ver com a inauguração da nova fábrica de celulose no departamento de Durazno. A celulose é um dos três principais itens de exportação do Uruguai”, acrescentou o executivo.

Por sua vez, o prefeito de Durazno, Carmelo Vidalín, agradeceu a UPM e destacou que “este momento é muito importante para o país, para Durazno e, principalmente, para Sarandí del Yi. Este viveiro é muito importante para os munícipes e para as autarquias, numa zona que se encontra em pleno crescimento e desenvolvimento”. Ele também reconheceu a relevância das oportunidades que esses empreendimentos geram para as mulheres do interior do país.

“Estamos muito entusiasmados em inaugurar este novo viveiro que se destaca pela incorporação de tecnologia e pela experiência acumulada em mais de 30 anos de atuação no Uruguai, e que gera oportunidades de emprego e capacitação para os trabalhadores da área. Este local é um símbolo do planejamento de longo prazo característico do setor florestal, é aqui que começa o processo de produção da celulose, com as mudas que darão a madeira de qualidade que chegará às fábricas em 10 anos”, destacou Marcos Battegazzore, vice-presidente presidente das operações da UPM no Uruguai.

“É um novo marco nesta longa jornada de nosso projeto de crescimento no Uruguai, que culminará com o início da produção da nova fábrica da UPM Paso de los Toros no próximo mês e que, uma vez operacional, envolverá mais de 7 mil uruguaios trabalhando lado a lado, diretamente nas operações da UPM no país”, concluiu Marcos Battegazzore.

CARACTERÍSTICAS DO VIVEIRO DE ÚLTIMA GERAÇÃO

Na fase de construção, que durou cerca de 22 meses, trabalharam mais de 350 pessoas.

O viveiro possui estufas de estrutura metálica com controle computadorizado inteligente de temperatura, umidade e fertirrigação, bem como um sistema de aquecimento à base de biomassa.

Além disso, possui mesas móveis de alumínio para segurar as bandejas de plantas e ser facilmente transportadas entre as diferentes estufas, garantindo a correta ergonomia dos trabalhadores.

Fonte
UPM
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo